6 de dez de 2010

Parada Veg e ato pelo Dia Internacional dos Direitos Animais reúnem cerca de 200 pessoas em SP






O Dia Internacional dos Direitos Animais oficialmente é 10 de dezembro, porém o grupo Holocausto Animal antecipou a observação à data para este domingo, na sequência da Parada Veg. Segundo o coordenador do ato, Fabio Paiva, este dia não é comemorado, mas observado, já que não há o que comemorar visto que os animais não têm os seus direitos respeitados. Portanto, ao contrário da Parada Veg, o movimento que se iniciou foi um protesto, cujo tema deste ano foi: “Se você parar de comer, eles param de matar”.
No lado oposto da Avenida Paulista, os ativistas empunhavam banners que mostravam animais explorados e mortos para consumo. Os manifestantes caminharam ao longo dos quarteirões emitindo frases persuasivas pelo fim do massacre de animais para consumo.

O tema foi apropriadamente escolhido, uma vez que o protesto antecede o Natal, época em que o número de mortes de animais nos abatedouros, que já são normalmente sucessivas e incessantes, aumenta drasticamente para compor a ceia à mesa da população. Na opinião de Fabio, o Natal é uma das datas mais hipócritas que existem – pois as pessoas celebram um “noite de paz e de amor” com seres mortos no centro da mesa.

Para ele a humanidade está doente principalmente pela maneira como se alimenta, e a cura pra essa doença só virá quando os humanos respeitarem com igualdade os seres de outras espécies. Ele é consciente de que o trabalho que realiza não surtirá efeitos imediatos, mas são sementes plantadas para, daqui a muitos anos, frutificarem quando uma nova era se abrirá a um ser humano com uma consciência superior à atualmente medíocre. Para o ativista, o fato de vivermos essencialmente numa sociedade de consumo, em que o ser humano olha só pro seu umbigo, o impede de enxergar um animal com outros olhos, já que não respeita nem mesmo seu semelhante.

O Dia Internacional dos Direitos Animais foi criado pela ONG inglesa Uncaged, que escolheu o dia 10 de dezembro por ter sido a data em que a ONU ratificou a Declaração dos Direitos Humanos.
fonte: ANDA

3 comentários:

Consultora Educacional disse...

Gosto muito dos artigos de ótima qualidade do seu Blog. Quando for possível dá uma passadinha para ver nosso Curso de Ingles. Daienne

Thaís disse...

Parabéns pelo trabalho!
Bom, eu entrei aqui e estava procurando um email, mas como não achei, vou postar! =)
Sempre recebo emails do tipo "precisamos de 500 assinaturas para determinado fim, quando chegar a sua vez, encaminhe para peta@..."...gostaria de saber como fazer para saber quando a causa é verdadeira ou quando não passa de gente à toa! Tem alguma forma?
Obrigada!

Fabio Paiva disse...

Thaís,

essas listas não são válidas, eu não diria gente à toa. Trata-se de pessoas bem intencionadas mas sem o conhecimento dos meios corretos.