13 de mar de 2007

ABSURDO!!! QUEREM LEGALIZAR A FARRA DO BOI






















Chamada de "iniciativa popular", o projeto será apresentado juntamente com um abaixo-assinado, que pretende colher 1,5 mil assinaturas entre os eleitores do município (10% do eleitorado) para então ser discutido e aprovado na Câmara. A seguir, seria a vez da prefeitura referendar ainiciativa dos cidadãos.

- O que queremos é disciplinar a brincadeira e tirar essa imagem de que a brincadeira do boi maltrata os animais. Todos os anos, os moradores têm problemas com a polícia, e, por isso, precisamos estabelecer regras - disse o vereador César Passos, da comissão que está estudando o assunto e recolhendo as assinaturas.

O objetivo maior do projeto seria evitar os maus-tratos na farra do boi. Com isso, os farristas não estariam desobedecendo a Lei Federal 9.605/98, que prevê até um ano de detenção e multa para quem for pego maltratando os animais.

Por sua vez, o promotor de Justiça do Ministério Público, LucianoNascenweng, explica que é preciso esperar a transformação do projeto em lei para que seja analisado. Luciano, entretanto, acredita que, se aprovada pelos vereadores, a lei será declarada inconstitucional.

O que prevê a proposta:
- Alterar a expressão "farra do boi" para "brincadeira do boi"
- Estabelecer 10 dias - sempre antes da páscoa - para a realização da atividade
- Cada boi só poderia "brincar", no máximo, por duas horas diárias
- Fica proibido o uso de veículos motorizados na brincadeira
- Deve haver divulgação prévia dos locais e dias para a atividade
- Os farristas precisariam se cadastrar na prefeitura, que daria umaautorização para que comprassem o boi. Assim, eles se comprometeriam a seguir as regras.

E-MAIL PARA PROTESTOS: diariodoleitor@diario.com.br

Para participar da enquete da RBS, clique aqui.Caso não abra, vá no site do Diário Catarinense e, no menu esquerdo, procure a seção "Interatividade - Mural". Depois é só achar, no fim da página, a referida enquete:
09/03/2007: Você concorda com a regulamentação da farra do boi?
Para votar contra a Farra no município de Governador Celso Ramos, clique aqui.

3 comentários:

Ana Corina disse...

oi fábio! obrigada por postar sobre o assunto! entretanto, no momento estou profundamente triste pelos tigres, ursos etc. abatidos na INSANA china... :o(

Sandro Sell disse...

Em princípio sou favorável a todas as formas de proteção aos animais, só acho que há um certo exagero quanto a farra do boi. Se quiser uma versão alternativa desse "holocausto" visite-me em


http://sandrosell.blogspot.com/

Abraço, Professor Sandro Sell

Anônimo disse...

Não gosto do que se chama hoje a “farra do Boi”, gosto muito menos das reações de pessoas e grupos que ignoravam e continuam ignorando esta manifestação, que já foi chamada de “boi no campo” ou “Boi na Vara”.

Era uma manifestação que estava em extinção e marginalizada, que se reacendeu com aquelas reações de alguns que acabou com uma decisão judicial de proibindo, e creio que foi uma decisão preconceituosa.

Aquela manifestação que em Santa Catarina que acorria em ambientes “rurais” ou campos, passou a ocorrer em ambiente urbano com as conseqüências danosas que conhecemos e que foi agravada com sua criminalização após a decisão judicial, pois acabou com a regulamentação nascente, como o mangueirão, onde estaria identificado um responsável, o que não ocorre hoje a “farra” agora é uma ação clandestina. Creio que regulamentação acabaria por se chamar de “RODEIO ACORIANO”.

Por falar em Rodeio, alguém se lembra do rodeio de Barretos, do rodeio crioulo, da vaquejada, das touradas, estes sim, são “Tradição”, incluindo algumas tradições lá do Texas.

Me lembro na minha infância em Itapema e Tijucas de ocorrência “Boi no Campo” com vaqueiros controlando tanto o animal como as pessoas e não lembro de maiores maldades dos aquelas que vejo nos rodeio.

Não gosto desta “farra”, mas entendo que as reações muitas delas baseadas na ignorância do que relatei, são efetivamente prejudiciais a causa animal.

Xnaps