31 de jan de 2007

13 FEVEREIRO PROTESTO INTERNACIONAL ANTI-PELES


Carta enviada ao Pres. da China

Honorável Presidente Hu Jintao
República Popular da China
c/c Embaixador Chen Duqing
chinaemb_br@mfa.gov.cn
c/c Cônsul Sra. Li Jiaoyun
consuladodachina@terra.com.br
Há um ano atrás nós escrevemos para solicitar de Vossa Excelência, medidas urgentes para por um ponto final nas atrocidades que são rotineiramente cometidas contra os animais de pelagem na China. Nós pedimos a V. E. que abrisse os olhos e seu coração e banisse a mais odiosa prática do comércio de peles da China - a retirada da pele enquanto o animal ainda está vivo. Contudo, a China falhou em decretar até mesmo uma única lei de proteção e bem estar animal.
V.E. deve ter visto certamente os vídeos documentando animais em fazendas de confinamento para a retirada de pele na província de Hebei, onde os animais são abatidos com golpes de porrete, jogados ao chão e depois esfolados VIVOS! V.E. deve ter visto o guaxinim, jogado num amontoado de carcaças ensangüentadas depois de ter sua própria pele arrancada de seu corpo enquanto ele olhava para a câmera piscando e chorando por alguns minutos antes de finalmente ser entregue misericordiosamente aos braços da morte. E ainda assim, a China continua a permitir que esses atos de tortura continuem.
Mahatma Gandhi disse certa vez que " A grandeza de uma nação e de seu progresso moral pode ser julgado pela maneira com que seus animais são tratados". Visto por esse ângulo, a grande fraqueza da China, pequenez e vulnerabilidade se torna aparente. Nós ansiamos que V.E. reconheça o prejuízo que está sendo feito à reputação internacional da China. O sucesso da China na economia mundial está precariamente dependente da ignorância dos consumidores e na voluntariosa cegueira de outras nações. Contudo, a violência cometida contra os animais da China ganhou a atenção tanto dos consumidores quanto dos líderes mundiais. O mundo não vai mais tolerar a impiedosa brutalização dos animais.
Nós desejamos que V.E. mostre misericórdia e compaixão pelos fracos, desprovidos de voz, inocentes e imediatamente decrete um conjunto compreensível de leis que criminalize atos de tortura como a esfolação de qualquer animal vivo.
Até que a China tome sérias medidas para proteger o bem-estar dos animais , nós estaremos convocando pessoas de todas as nações, que se compadeçam, para boicotar o comércio chinês, turismo e as Olimpíadas de 2008.
Atenciosamente
International Anti-Fur Coalition
São Paulo – Brasil

One year ago, we wrote to urge you to put an end to the atrocities that are routinely perpetuated against fur-bearing animals in China. We asked you to open your eyes and your heart and ban the most egregious practices of the Chinese fur trade, including live skinning. However, China has thus far failed to enact even a single law that would protect the welfare of animals in China.
You have by now surely seen the videos documenting animals at fur farms in Hebei province, where animals are clubbed, beaten, slammed to the ground and then skinned alive. You must have seen the raccoon dog, lying on a heap of bloody carcasses after having his own skin ripped from his body as he stared into the camera blinking and whimpering for several minutes before at last nature mercifully released him to death’s embrace. And yet, China continues to permit these acts of torture to continue.
Mahatma Ghandi once famously said that "the greatness of a nation and its moral progress can be judged by the way its animals are treated." Viewed by this standard, China’s true weakness, smallness, and vulnerability become apparent. We urge you to recognize the damage being done to China’s international reputation. China’s success in the world economy is precariously resting on the ignorance of consumers and the willfull blindness of other nations. However, the violence committed on animals in China has gained the attention of consumers and world leaders alike. The world will no longer tolerate China’s ruthless brutalization of animals.
We urge you to show mercy and compassion for the weak, the powerless, the voiceless, the innocent, and immediately enact a comprehensive set of animal welfare laws that would criminalize acts of torture such as live skinning of any animal. Until China takes serious measures to protect the welfare of its fur-bearing animals, we are calling on compassionate people from all nations to boycott Chinese commerce, tourism and the 2008 Olympic Games.

Nenhum comentário: