29 de set de 2006

McDonalds é processado por vender frango cancerígeno




Um grupo de médicos americanos anunciou na noite de quinta-feira que entrou com uma ação contra as redes de fast food McDonalds e Burger King depois da descoberta de substâncias cancerígenas no frango grelhado vendido em suas lanchonetes na Califórnia.A Comissão de Militantes por uma Medicina Responsável (PCRM) entrou com uma ação no tribunal de Los Angeles contra sete redes de fast food para obrigá-las a informar os consumidores sobre os riscos de câncer contidos no frango grelhado."Cada uma das sete amostras de frango grelhado, recolhidas em lanchonetes diferentes, recebeu positivo para um composto cancerígeno perigoso chamado PhIP", indicou a Comissão num comunicado.O PhIP é uma amina heterocíclica que pode ser desprendida quando as carnes são grelhadas. "O frango grelhado pode provocar câncer, e os consumidores precisam saber que este produto considerado saudável é, na verdade, tão ruim quanto o frango grelhado saturado de gordura", assegurou o presidente da PCRM, Neal Barnard.Os médicos apresentaram a ação com base na lei californiana que obriga os restaurantes a advertirem os consumidores. Eles também atacaram as redes Chick-fil-A, Chil`s, Applebee`s, Outback Steakhouse e TGI Friday`s.O grupo McDonalds foi alvo neste ano de uma série de ações que alegavam que as batatas fritas continham glúten ou produtos lácteos. Pessoas alérgicas a esses produtos teriam tido problemas após consumir batata frita do MacDonald.Em janeiro de 2005, a Justiça autorizou os consumidores a processarem o grupo por este ter provocado sua obesidade.

5 comentários:

Plasticine disse...

Oi Fábio! Te adicionei no meu blog ok? Let´s go! Animal Liberation!

PATRICIA GUEDES disse...

MARAVILHOSO BLOG!!!OTIMA INICIATIVA.

familiaanimal disse...

Fábio, o blog está sensacional.
Parabéns!

Patrícia Piccino disse...

Vou adicionar ao meu blog

didiopunk_13 disse...

Mc Donalds Temos que destruir ESSE LIXO!