2 de ago de 2006
















BOICOTE PRODUTOS CHINESES
BOICOTE OLIMPÍADA DE 2008
CHINA: A CRUELDADE SEM LIMITES

VEJA E OUÇA
http://www.petatv.com/tvpopup/Prefs.asp?video=china_30 http://www.petatv.com/tvpopup/Prefs.asp?video=animals_asia http://www.petatv.com/tvpopup/Prefs.asp?video=jcruel_china_dog

"Jamais tocaria na China", diz Paul McCartney
Paul McCartney e sua mulher, Heather, ficaram chocados e chegaram às lágrimas ao assistir as filmagens gravadas para uma reportagem especial da BBC. "Isso é uma barbárie. Horrível", disse o ex-Beatle. "Parece algo dos tempos medievais. E eles parecem se divertir com isso. Eles são pessoas doentes, muito doentes. "Nem sonharia em ir lá para tocar, do mesmo jeito que não iria a um país que apoiasse o apartheid". Isso é nojento. É contra todas as regras da humanidade. Eu não poderia ir lá." Cães são vistos em condições terríveis. Em outra parte da filmagem, gravada no meio do ano por um investigador ligado à ONG Pessoas para o Tratamento Ético dos Animais (Peta, na sigla em inglês), os gatos são ouvidos gritando dentro de um saco que é então jogado em uma enorme panela de água quente. Eles são fervidos até a morte e suas peles são retiradas por uma máquina parecida com uma secadora de lavanderia. Defensores dos direitos dos animais estimam que mais de dois milhões de gatos e cachorros sejam mortos na China a cada ano para a extração da pele deles. Produtores chineses também criam animais como a marta e são responsáveis por mais da metade dos produtos de pele do mundo. McCartney disse ainda: "Como a nação que vai sediar as Olimpíadas pode ser vista permitindo que animais sejam maltratados deste jeito?". Heather, ativista em defesa dos direitos dos animais, acrescentou: "Eu vi muitas filmagens em que essas pobres criaturas estão claramente vivas quando têm sua pele retirada. E para quê? Por moda? É nojento". FRAUDE: Peles de cães e gatos são enganosamente etiquetadas com nomes fantasia, tais como: Gae-wolf, Sobaki, Asian Jackal, Wildcat, Goyangi, Katzenfelle e outros para serem exportadas ao exterior. Consumidores compram esses itens sem saber exatamente o que estão adquirindo. Outros itens são vagamente etiquetados como botas, casacos, brinquedos e remédios homeopáticos. Essas são práticas comerciais inaceitáveis, tanto para a China como em qualquer outro país.

ENQUANTO VOCÊ LEU ESTE POST, DO OUTRO LADO DO MUNDO, CENTENAS DE MILHARES DE CÃES E GATOS, E OUTROS ANIMAIS ESTÃO SENDO BARBARAMENTE MORTOS EM NOME DE UMA CULTURA INSANA E UMA INDUSTRIA CRUEL. SÃO GRITOS NO INFERNO CLAMANDO POR SOCORRO.
BASTA!!!

2 comentários:

puppydog disse...

É realmente chocante o ponto a que a crueldade humana pode chegar! Como é possível existirem pessoas (se é que se pode chamar pessoas) tão ignorantes, patéticas e cruéis...

Justiça divina disse...

O governo chines é corrupto até o último fio de cabelo, portanto não merecem gredibilidade. Os chineses falsificam tudo, até a historia!

Voces sabiam que o Massacre de Nanquim ("O Estupro de Nanquim: O Holocausto de Nanquim"), foi tudo inventado?

20 dias antes da queda de Nanquim, a população da cidade estava em 200.000, de acordo com europeus e americanos que estavam lá naquele tempo. Oito dias depois da queda ainda restavam 200.000. Ninguém indicou uma vasta diminuição da população devido a suposta matança ocorrido. Confrontado estes fatos, como pode qualquer um reivindicar que 300.000 chineses foram assassinados em Nanking?

As fundações em que o mito do massacre é baseado foi editado por Harold Timperley, Mas Timperley era, de fato, um conselheiro do Ministério da informação do governo nacionalista da China.

Foram feitos os primeiros estudos detalhados das 143 fotografias oferecidas como evidência “do Massacre de Nanquim.” Após verificar aproximadamente 30.000 fotografias (antes e depois da captação japonesa de Nanquim), foi descoberto que cada uma das fotografias do massacre publicadas em 1937-8 são Falsificações. Todas as fotografias são montagens, encenados, ou substituídos por falsas. Nenhuma delas é prova de um massacre em Nanquim.

Agora os chineses querem fazer papel de coitadinhos diante do mundo.

Pra quem estiver interessado, visite o site: http://www.ne.jp/asahi/unko/tamezou/nankin/fiction/index.html, o site desmascara as mentiras do Massacre de Nanquim.