21 de jul de 2006






















CORÉIA DO SUL
CRUELDADE SEM LIMITES
Na Coréia do Sul, acredita-se que a carne do cão dá aos homens, ereções mais fortes Um cão é arrastado para fora da gaiola, atrás do mercado de Chilsung em Taegu.
Uma haste de metal conectada a um gerador elétrico é colocada em sua boca, e a eletricidade percorre seu corpo. O processo é repetido diversas vezes.
O procedimento inteiro dura uma hora. Sua finalidade é fazer com que o cão secrete neste momento tanta adrenalina quanto possível até a morte. Acredita-se que a carne com adrenalina-rica é um poderoso afrodisíaco, dando aos homens por muito tempo - ereções duráveis. Estima-se em dois milhões de cães mortos e comidos anualmente na Coréia do Sul.

A Dalmatian is dragged out of a cage and into the alley behind Chilsung market in Taegu, South Korea. As a rope tightens around its neck, the dog defecates from shock. A metal rod connected to an electric generator is shoved into its mouth, and electricity surges through its frame. The process is repeated several times. Stunned but not dead, its entire body is seared with a blowtorch to burn off the fur. The whole procedure lasts an hour. Its purpose is to make the dog secrete as much adrenaline as possible at the moment of death. The adrenaline-rich meat is believed to be a powerful aphrodisiac, giving men long lasting erections. Most of the two million dogs eaten annually in South Korea are roasted or prepared as Youngyangtang (healthy soup), and sold for 20,000 won (LL 36,000) per Kg. While the meat spoils quickly if not refrigerated, the erection, legend has it, can last for hours.

5 comentários:

Mancholas disse...

NAO DA PARA AGUENTAR MAIS ESTA TORTURA!!!! Quando e que vao existir pessoas que consigam acabar com isto?????

Anônimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anônimo disse...

Really amazing! Useful information. All the best.
»

Anônimo disse...

Keep up the good work. thnx!
»

Anti-China disse...

O governo chines é corrupto até o último fio de cabelo, portanto não merecem gradibilidade. Os chineses falsificam tudo, até a historia!

Voces sabiam que o Massacre de Nanquim ("O Estupro de Nanquim: O Holocausto de Nanquim"), Mulheres de conforto na coreia, foi tudo inventado?

20 dias antes da queda de Nanquim, a população da cidade estava em 200.000, de acordo com europeus e americanos que estavam lá naquele tempo. Oito dias depois da queda ainda restavam 200.000. Ninguém indicou uma vasta diminuição da população devido a suposta matança ocorrido. Confrontado estes fatos, como pode qualquer um reivindicar que 300.000 chineses foram assassinados em Nanking?


Foram feitos os primeiros estudos detalhados das 143 fotografias oferecidas como evidência “do Massacre de Nanquim.” Após verificar aproximadamente 30.000 fotografias (antes e depois da captação japonesa de Nanquim), foi descoberto que cada uma das fotografias do massacre publicadas em 1937-8 são Falsificações. Todas as fotografias são montagens, encenados, ou substituídos por falsas. Nenhuma delas é prova de um massacre em Nanquim.

Agora os chineses querem fazer papel de coitadinhos dinte do mundo.


Pra quem estiver interessado, visite o site: http://www.ne.jp/asahi/unko/tamezou/nankin/fiction/index.html, o site desmascara as mentiras do Massacre de Nanquim.