12 de abr de 2006

13 de abril 2006
Há dois meses protestamos contra o massacre de animais na China. NADA MUDOU.
Portanto, vamos realizar um segundo protesto pela internet.
DENOMINADO: ANTI-FUR CYBER PROTEST.
O mundo todo estará participando como da primeira vez.
a INTERNATIONAL ANTI FUR COALITION convida você a fazer parte desse protesto.

Abaixo a carta que deve ser enviada.

Esses e-mails são do Olympic Committee da China, e também do portal chines de turismo e câmara de comércio, e outros websites de interesse.

Portanto ali você encontra desde um simples comércio chines, canal TV, radio, a grandes organizações que fazem comércio com a China e vice versa.

JUNTE-SE A NÓS EM DEFESA DOS ANIMAIS QUE VIVEM E MORREM NO INFERNO CHAMADO CHINA.

BOICOTE A CHINA
BOICOTE PRODUTOS CHINESES
BOICOTE A OLIMPÍADA DE 2008 EM PEQUIM.

carta que deve ser enviada:
recorte-a e copie
April 13, 2006
The Honorable Hu JintaoPresident of the People's Republic of ChinaC/o the Honorable Zhou WenzhongChinese Ambassador to the United StatesEmbassy of the People's Republic of China2300 Connecticut Avenue, NWWashington, DC 20008Dear Mr. President,
The Chinese government has now acknowledged the barbarous acts of cruelty that are routinely perpetrated against animals in China and has pledged to improve conditions for these animals. This is an important first step. However, until a comprehensive set of animal welfare laws are enacted and enforced, the animals of China will continue to suffer on a scope and to a degree that is unparalleled.Until China takes this assault on animals seriously and enacts robust animal protection laws, we will boycott all Chinese goods and travel.In China today, dogs and cats, many of them once somebody's pet, are being slaughtered for their fur. In China today fur bearing animals such as raccoons, fox and rabbits are being skinned alive. In China today, bears who spend their lives confined to small cages are screaming in pain as bile is extracted from their gall bladders.These are only a few examples of the type of misery endured daily by China's magnificent animals. In a land with no laws, anything is possible, and when anything is possible, every horror imaginable occurs. Take for example the now infamous videos of the Chinese businesswomen crushing a small kittens to death with her stiletto and boot heels (below are some of photos). These and other forms of animal abuse cast a dark shadow across China and its citizens. We know there are millions of good hearted Chinese people in China, but the impression the world has in general is that people in your country are all heartless and savages.


More ghastly images of the crush videos here:
http://images.google.com/images?hl=en&q=%E8%B8%A9%E7%8C%AB&btnG=Google+Search&sa=N&tab=wi
Animal cruelty exists in all nations. What separates China is its acceptance of barbarity, torture and gruesome violence against its weakest and most innocent members. It is time for China to recognize non-human animals as sentient, living beings that deserve certain rights of their own. It is time for China to put an end to their nightmare. At a minimum, we ask that China:- Ban the live skinning of any animal;- Ban the trade in dog and cat fur;- Ban the trade in dog and cat meat;- Ban the trade in bear bile;- Ban all forms of cruelty to animals.
- Open up the fur animal farms for investigation

http://www.furisdead.com/feat/ChineseFurFarms/http://www.petatv.com/tvpopup/Prefs.asp?video=china_30

http://www.animal-protection.net/furtrade/movie.htm
We urge China to act now on its recent pledge to improve animal welfare and immediately implement the proposed protection laws. Theworld is watching. This is an important opportunity for China to restore its reputation in the international community and demonstratethat it shares the values of other modern nations, or even that it can set the values of a modern world and lead other nations into the future.

Sincerely,

International Anti-Fur Coalition
http://fur.arforum.org/?p=members

Um comentário:

Anti-China disse...

O governo chines é corrupto até o último fio de cabelo, portanto não merecem gradibilidade. Os chineses falsificam tudo, até a historia!

Voces sabiam que o Massacre de Nanquim ("O Estupro de Nanquim: O Holocausto de Nanquim"), foi tudo inventado?

20 dias antes da queda de Nanquim, a população da cidade estava em 200.000, de acordo com europeus e americanos que estavam lá naquele tempo. Oito dias depois da queda ainda restavam 200.000. Ninguém indicou uma vasta diminuição da população devido a suposta matança ocorrido. Confrontado estes fatos, como pode qualquer um reivindicar que 300.000 chineses foram assassinados em Nanking?

As fundações em que o mito do massacre é baseado foi editado por Harold Timperley, Mas Timperley era, de fato, um conselheiro do Ministério da informação do governo nacionalista da China.

São percebidos também como prova do “Massacre de Nanquim”os artigos da notícia de Chicago Daily News e New York Times. Constam os relatórios de “assassinatos freqüentes” supostamente praticados pelos japoneses durante os três dias de ocupação que seguem a queda de Nanking. Entretanto, Reverendo Bates eram a fonte dos relatórios.

O Reverendo Bates, era um famoso missionário Cristão que ensinava na universidade de Nanking, eram também um conselheiro do Ministério da informação da China.

Apos a guerra, Mao Zedong, criticou a estratégia militar japonês em seu famosa leitura, indica que as tropas japonesas cometeram um erro estratégico em não eliminar os soldados de Nanquim. Não era Mao, demasiado, incoerente em argumento ao massacre?

Foram feitos os primeiros estudos detalhados das 143 fotografias oferecidas como evidência “do Massacre de Nanquim.” Após verificar aproximadamente 30.000 fotografias (antes e depois da captação japonesa de Nanquim), foi descoberto que cada uma das fotografias do massacre publicadas em 1937-8 são Falsificações. Todas as fotografias são montagens, encenados, ou substituídos por falsas. Nenhuma delas é prova de um massacre em Nanquim.

Agora os chineses querem fazer papel de coitadinhos dinte do mundo.

Os chineses querem incriminar os japoneses e fazer os ianques esquivar das responsabilidades da bomba atômica lançado sobre Hiroshima e Nagasaki.

Pra quem estiver interessado, visite o site: http://www.ne.jp/asahi/unko/tamezou/nankin/fiction/index.html, o site desmascara as mentiras do Massacre de Nanquim.